4

NANCY X NEW NANCY

Oi! Como vai ?


Minhas visitas aos blogs espanhóis fizeram com que eu me apaixonasse mais ainda por suas bonecas, em especial, as da Famosa. E a Nancy parece ser a favorita tanto minha quanto das blogueiras espanholas. Mas como não ser ? Elas realmente não são lindas ?


New Nancys 2017

E quando uma boneca possui uma infinidade de sets de roupas, calçados, acessórios, móveis e até amigos, a brincadeira fica muito melhor. É o caso delas.

Infelizmente, nós não temos facilidade para comprarmos a Nancy aqui. Se quisermos mesmo uma, precisamos recorrer a sites internacionais, que trazem questões como: ter cartão de crédito internacional, pagar frete alto e taxas de alfândega. Ou por sorte encontrar uma colecionadora brasileira que tenha alguma para vender. Foi assim que consegui as minhas. 



As minhas Nancys comprei com a Lana Araújo, que também fez esses lindos vestidos. Já falei sobre a primeira que chegou, nessa postagem Aqui. A segunda foi marido que me deu de presente nos meus 50 anos, que é essa morena linda que mostro hoje. A Nancy como eu, nasceu em 1968. 


A New Nancy mede 42cm, tem olhos estáticos de acrílico, cílios bem longos e delicadas sobrancelhas. Possui cabeça e braços de vinil, mas o tronco e as pernas são de plástico. Os cabelos são macios, brilhantes, de ótima qualidade, mas acho que poderiam ser mais fartos. As minhas são bem básicas: roupa, pente e sapatos. Ambas chegaram lacradas, nas caixas.





Observando as Nancys das colecionadoras espanholas vê-se uma grande diferença das minhas. Fiquei curiosa para saber e perguntei para a Ana, do blog Muñecas A Los Cincuenta (Aqui), por que elas são tão diferentes. A Ana me contou um pouco da história da Nancy e outras questões interessantes.


Como já citei, as Nancys nasceram em 1968. Na década de 90, passaram por algumas modificações e nos anos 2000 suas versões mais populares começaram a ser reeditadas. As reedições são um centímetro menores em estatura e alguns milímetros mais largas, suas pernas são mais finas e mais afastadas. Seu vinil é mais grosso, o que as deixa mais sólidas e mais pesadas. Também existem algumas diferenças nos olhos (íris e cílios), qualidade dos cabelos e rosto. 



Já as minhas duas são chamadas em seu país de origem de NEW NANCY e são bonecas totalmente diferentes das Nancys, mesmo tendo o mesmo nome e sendo também da marca Famosa. Segundo a Ana, as New Nancy fazem muito sucesso entre as meninas e talvez a Famosa tenha mantido o mesmo nome por questões de mercado. Como eu não tenho uma Nancy antiga e nem mesmo uma reedição, não tenho como descrever com exatidão essas diferenças, mas podemos compará-las com as fotos que a Ana me cedeu e outras que encontrei na internet, como esse pack do 40°aniversário, que traz a New Nancy e a Nancy antiga, com lindos olhos maquiados com sombra azul. Observe as roupas! ❤ 



Uma reedição da Nancy e do seu amigo Lucas


Edição comemorativa do seu 50° aniversário

Todas as Nancys abaixo pertencem a colecionadora 
Ana ou Ilona, do blog Muñecas A Los Cincuenta








Imagem de catálogo da Famosa

Entendeu porque sou apaixonada por elas ? Agora é correr atrás de uma antiga ou reedição bem MARAVILHOSA!

E se você quiser ver mais Nancys e outras bonecas da Ana, clica Aqui. Fiz uma entrevista com ela meses atrás e postei várias bonecas de sua coleção.

Abraço fraterno.

14

AMIGA COLECIONADORA

Oi, tudo bem ?

Como eu havia falado, as entrevistas vão demorar mais tempo para serem postadas, mas nem por isso perderão o encanto e a beleza. Prova disso é a entrevista que trago hoje.

Conheci essa jovem colecionadora em um grupo do Facebook. Ela é a administradora do grupo Baú de Bonecas e faz postagens lá diariamente. Infelizmente me falta tempo para conferir as postagens com a frequência que eu desejo e passa muita coisa sem eu ver, mas ao ler as respostas da Camila e selecionar, no grupo, as fotos abaixo, me emocionei bastante. Cada postagem dela vem acompanhada de palavras doces, cada imagem carrega o carinho com que foi preparada. Encontrei ali muita delicadeza e amor. Que bom que ela aceitou meu convite! 

Venha conhecer mais uma colecionadora apaixonada, você vai amar!


* * * * *

1. Olá! Você pode se apresentar ?

Olá! Meu nome é Camila Paoli, tenho 38 anos e amo bonecas, animais e flores.


2. Quando e por que você iniciou sua coleção de bonecas ?

Na verdade nunca tive uma coleção quando era pequena. Só agora pude começar a colecionar algumas.



3. Quantas bonecas você tem em sua coleção ? Qual foi a primeira ?

Coleciono um pouco de tudo: miniaturas, bebês, brinquedos anos 80, Sylvanians Families, Planeta d'Agostini, ursos de pelúcia, Barbies, Pullips, Phicen e agora comecei a colecionar bebês e bonecas reborn.
Minha primeira boneca foi o Meu Bebê, da Estrela. Ganhei do meu pai quando eu tinha 6 anos e ela permanece aqui comigo, linda e ainda me encanta.




4. O que alimenta sua paixão por bonecas ?

As bonecas e brinquedos sempre me causam essa euforia, me sinto uma criança feliz quando brinco com eles. Consigo voltar no tempo e nas tardes de verão, quando eu sentava na calçada com minhas amigas, brincando, criando, viajando para muitos lugares. Esse lado lúdico ainda me fascina e me encanta.



5. Existe aquela que é a mais querida ?

Tenho uma bonequinha muito querida que é a minha vagalume. Ganhei do meu pai quando eu tinha 5 anos. Sempre tive medo do escuro, e meu pai, com toda sabedoria e sensibilidade, me presenteou e me disse que nunca mais eu ficaria no escuro. Amo ela demais! 
A minha perdi quando eu tinha uns doze anos e consegui comprar outra exatamente igual aos meus 37 anos. Foi como se eu pudesse voltar no tempo, no meu quarto, com meu cobertor verde-água, abraçadinha à ela, e ela iluminando meu quarto até eu adormecer. Que doce lembrança!




6. Onde e como você as guarda ? 

Guardo minhas bonecas em um armário, outras ficam expostas pela casa, porque gosto de estar em contato com elas. Minhas casas de bonecas também ficam expostas.



7. Qual a última boneca a chegar em sua coleção ?

A última boneca de minha coleção foi uma menina reborn do molde Angélica, feita por mim mesma. Era um sonho antigo que se realizou.



8. Que tipo de boneca você prefere ?

Gosto de todo tipo de boneca, sem exceção.



9. Você já precisou fazer algo engraçado ou curioso para conseguir alguma boneca ?

Já resgatei uma Barbie do caminhão de lixo. A coitadinha estava lá em cima, toda suja. Parei meu carro e pedi gentilmente para o motorista me dar ela. Ele foi muito educado e me deu rsrsrs Cuidei dela e ela vive muito feliz comigo agora.


10. As bonecas fizeram parte da sua infância ? Fale um pouco.

Tive poucas bonecas na minha infância. Tive uma Vagalume, o Meu Bebê da Estrela, uma Chuquinha, uma Barbie doutora, um Ken e uma Karina. O Ken, o Meu Bebê e a Chuquinha tenho até hoje.




11. Você tem bonecas desejadas ou que faltam na coleção ? Quais ?

Ainda gostaria de ter algumas bonecas, mas nunca pretendi fazer uma vasta coleção, só compro as que acho lindas ou me tocam o coração. Sou muito feliz com as que eu já tenho. 



12. Além da atividade de colecionadora, o que mais gostas de fazer ?

Quando não estou costurando para as bonecas, fazendo cenários ou acessórios para elas, gosto de pintar quadros, cuidar do meu jardim e dos meus animais.



13. Você também restaura ou customiza bonecas ? 

Meu marido sempre resgata algumas bonecas que estão na rua, em lixeiras ou simplesmente foram descartadas por estarem sujas e danificadas. Eu recupero elas, refaço a maquiagem, restauro os cabelos e elas voltam a ter vida nova e feliz. Há pouco tempo, comecei  com a arte reborn, apenas acompanhando tutoriais no YouTube e me apaixonei por essa arte tão linda. Não é fácil, mas é encantadora.




14. Você já sofreu preconceito por ser colecionadora de bonecas ?

Eu nunca sofri preconceito, pelo contrário. Meu marido, meu filho, minha mãe e meu pai sempre me apoiaram, entendem minha paixão por bonecas e brinquedos. Meu marido sempre me presenteia com bonecas, ele escolhe o look delas e meu filho me ajuda a fotografar elas. São meus grandes companheiros e isso é tudo o que eu preciso. 

Muito obrigada pelo convite, fiquei muito feliz em poder compartilhar um pouquinho do meu mundo encantado.




Camila querida,
que felicidade a minha você ter aceitado meu convite!  
Muito, muito obrigada!! Por sua gentileza e prontidão, 
pude conhecer melhor você e um pouquinho da sua coleção.
Saiba que admiro muito suas fotos cheias de graça e sensibilidade.


























Abraço fraterno.