4

Sobre


Uma avó e um blog ressignificados
Muitas vezes me pergunto como as crianças de hoje, entre elas meu neto Danilo, irão lembrar dos seus momentos de brincadeiras, dos seus brinquedos e de todas aquelas coisinhas preciosas que elas juntam numa caixinha escondida lá no cantinho do armário. Esses brinquedos e preciosas coleções (de tudo) vão lhes fazer companhia no futuro, quando a infância for só uma lembrança, como acontece comigo e talvez com você.

E de tanto pensar nisso e de mais ainda sentir saudade dos meus brinquedos e coleções, esse blog se reinventou. Resolvi abrir a porta da minha memória afetiva que, latente, não me deixava pensar em mais nada. Vencida essa batalha, fui tratar de pesquisar e organizar o que postar no blog. Queria algo que aquecesse a minha alma e a alma de quem passasse por aqui, porque memória é algo que aquece e conforta, assim como uma querida boneca de pano, mas também queria fazer um registro com informações técnicas e históricas desses pertences especiais.

Aí, pensei “continua escrevendo com o coração, vovó!!”.❤

Então, é isso! Compartilho o que sei e descubro sobre bonecas, brinquedos e colecionismo, mas da forma que eu lidava e lido com elas até hoje: com amor! E não esquecendo que esses são objetos cheios de significados, que atendem necessidades e desejos e sempre terão garantidas suas funções e finalidades com implicações cognitivas, culturais e afetivas para todos nós. 


Quem escreve


Erika Valéria Galindo, brasileira, de Recife. 
Uma vovó caseira, que ama bicho e boneca, família e viagens.

Seja bem vindo ao Dona Vovó!!

4 comentários:

  1. Bom dia! Estou procurando a bonequinha Lollypop Fruit, da Brink, mas não encontro em lugar nenhum! Sabe me dizer onde consigo? Obrigada! 😘

    ResponderExcluir
  2. Oi, Letícia, tudo bem ? Olha, sempre que eu não encontro uma boneca nas lojas físicas da minha cidade, procuro no Mercado Livre, lá tem tudo. À vezes, demora um pouquinho para aparecer, mas é só ter paciência e estar sempre de olho. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Hola, te he encontrado en Instagram, y desde allí he descubierto tu blog. Me guta mucho y desde ahora te sigo. Yo también tengo un blog y soy amante de las muñecas.
    Abrazo.

    ResponderExcluir

  4. Hola! ¡Qué bueno tenerte por aquí !! Nosotros que amamos muñecas tenemos que estar unidas para preservar. Abrazo

    ResponderExcluir